sábado, 20 de julho de 2013

Resenha: Julieta Imortal - Stacey Jay

Resenha: Julieta Imortal - Stacey Jay
Classificação: 4/5 Favorito

Sinopse - Julieta Imortal - Stacey Jay
Julieta Capuleto não tirou a própria vida. Ela foi assassinada pela pessoa em quem mais confiava, seu marido, Romeu Montecchio, que fez o sacrifício para assegurar sua imortalidade. Mas Romeu não imaginou que Julieta também teria vida eterna e se tornaria uma agente dos Embaixadores da Luz. Por setecentos anos, Julieta lutou para preservar o amor e as vidas de inocentes, enquanto Romeu tinha por fim destruir o coração humano. Mas agora que Julieta encontrou seu amor proibido, Romeu fará de tudo que estiver ao seu alcance para destruir a felicidade dela.



‘’Ah, Romeu, porque não tem outro nome? A flor que chamamos de rosa, se outro nome tivesse, teria o mesmo perfume. Assim, Romeu se não tivesse o nome de Romeu, teria a mesma perfeição que tem agora.
Ah meu amado, troque de nome e fique comigo eternamente’’
Julieta. Pg.24, Shakespeare.

Nós Pedimos e a Autora Stacey Jay; realizou o que Shakespeare em sua linda tragédia não teve a coragem. Em ‘’ Julieta Imortal’’ a mais bela história de amor de todos os tempos, é uma verdadeira farsa.

Romeu, o maravilhoso e corajoso Romeu, não passa do maior vilão de todos os séculos, ele e só ele, iludiu e enganou a jovem e inocente Julieta. Matando ela e em seguida se matando para conseguir a imortalidade.
Depois de ser assassinada por Romeu, Julieta em um plano superior se junta aos embaixadores da luz, com a missão ao passar dos anos de descer a terra e juntar almas gêmeas de todo o mundo, logo, assim protegendo os casais de Romeu, o desertor, que escolhendo o lado das trevas se tornou um mercenário da escuridão.

Luz e trevas, amor e ódio e desta vez Romeu e Julieta estão em lados opostos, não é o nome, ou a família, ou a época que separam esse dois. É Romeu e seu caráter assassino e a própria Julieta que mesmo tendo passado 700 anos não conseguiu superar o ódio que sente por seu marido.


‘’Ah, Romeu, Romeu... Porque Romeu? Renegue seu pai e recuse seu nome! Ou então, se preferir, jure que me ama e eu deixarei de ser uma Capuleto!’’
Willian Shakespeare

Muitos anos após a fatídica tragédia, Julieta volta possuindo o corpo de uma jovem chamada, Ariel. A moça tem vários problema de autoestima, relacionamento conturbado com a mãe e é muito antissocial em seu ambiente escolar. Sendo assim, Julieta tem a missão de ajudar Ariel a descobrir a beleza em si, nos outros e na vida, além de ter que achar as duas almas gêmeas que tem que proteger.

Romeu volta possuindo o corpo de Dylan, um jovem que morre em um acidente de carro ao qual Ariel causa. Assim Romeu e Julieta se encontram e acontecem raios e trovões. Um amor que beira o ódio, ou um ódio que é quase um amor.

O livro é narrado em primeira pessoa por Julieta com três capítulos narrados por Romeu, que eu amei!
O romance é cheio de metáforas que lembram o texto original de Shakespeare, tem palavras em espanhol e italiano ao decorrer da história, que dá um charme ao texto e eu particularmente me empolguei muito com o livro, achei divertido, leve e eu queria muito um final feliz para o casal desta vez! Torci demais! Mas...

Gostei muito dos personagens, Ben, o homem que faz acontecer um triângulo amoroso é fofo, lindo, o mocinho perfeito; enquanto Romeu é o egocêntrico e egoísta, mas apesar de tudo e de não sentir mais nada fisicamente ele realmente ama Julieta e acredita que tudo o que fez foi para ela ter um final feliz.

Eu sempre, acredito, vou ficar no lado de Romeu, bom ou mau, assassino ou salvador. Ele representa o amor e a coragem de todas as maneiras possíveis, mesmo quando nada é convidativo e nada o favorece.
Admirei aparecer na narrativa, personagens como Benvólio, Mercúcio e Rosalina, fazendo o leitor voltar ao passado e lembrar-se da tragédia de Willian. E gostei mais ainda da relação abordada entre mãe e filha de Ariel e Melanei.

O problema de autoestima de Ariel e a luta de Julieta para perdoar e se amar. Amar a si mesma. Amar seus defeitos e seus erros. Eu amei. Amei Julieta e Ariel. Vi a importância que o ser humano tem de se sentir bem consigo. Amei junto com Julieta, eu me amei um pouco mais também. E amei Romeu e seu amor torto e errado.

Recomendo ‘’Julieta Imortal’’ e recomendo o velho e bom clássico de Shakespeare também. Acho que é importante ter uma boa visão do futuro e do presente, mas deve dar sempre olhos para o passado.


‘’-Não pode ser! Meu primeiro e único amor nascido de meu único ódio?! Cedo demais o vi; sem saber quem era e tarde demais o conheci, para não poder mais vê-lo!’’
Willian Shakespeare

Quotes de ‘’Julieta Imortal’’ Preferidos:

‘’ Gostaria que fosse simples assim. Uma rosa com outro nome ainda teria o cheiro do impossível. ’’ PG. 168

‘’Apesar de sua raiva, apesar da amargura que tomou conta de seu coração, ela continua boa, tão pura de espírito. ’’ Pg.174

‘’Pessoas como eu, pessoas que questionam? Pessoas que desobedecem? Discordam? Discutem? Desconfiam?Pessoas que comentem erros? Pessoas que amam tanto que podem sentir dor e prazer ao mesmo tempo, inúmeras vezes? Pg.221



Leia Também a Resenha de Romeu Imortal!

Paula Juliana

19 comentários:

  1. Meninaaaaaa que resenha incrível!!! Eu já tinha lido Julieta Imortal mas depois de ler sua resenha acho que vou ali reler ele agora hahaha.

    Parabéns!!!
    Beijocas da Deebs
    Visita lá : http://leitorsagaz.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigadaaaaaa Deebs!!!! s2

      Eu amo esse livro, mas consegui gostar mais ainda do segundo (Oh meu Romeu! ahhhah)
      Bjus

      Excluir
  2. Que interessante! Não conhecia este ainda, parece ótimo, entrou na minha wishlist haha
    Adoro histórias que mostram o outro lado de contos já conhecidos.
    adorei! beijos.
    http://tears-inthedark.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Estou com Julieta Imortal e Romeu Imortal a meses na minha estante... vontade de começar a ler... depois dessa resenha vou ver se ponho eles na fila avançada... rs...
    bjo
    visite: http://deamoresevicios.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Já li Julieta de Anne Fortier, e to louca pra ler esse! Amo romance *-*
    ótima resenha, fiquei com mais vontade de ler :3

    ResponderExcluir
  5. Oi Paula!

    Romeu e Julieta sempre será um clássico. Achei muito interessante essa nova maneira de recontar essa história. O livro parece envolvente e bem contraditório, daqueles que vamos nos questionar muito ao longo da leitura pelos personagens. Adorei a resenha.

    Beijos

    http://poesiasprosasealgomais.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oieee, eu tenho este livro aqui na minha estante, mas nunca tive vontade de ler, apesar da capa e do acabamento do livro ser perfeito eu não tenho vontade de ler por agora, eu até emprestei para uma amiga minha e ela disse que achou muito estranho, então depois disso que eu não tive vontade de ler mesmo kkkkk, Abraços.

    ResponderExcluir
  7. Oi Paula... esses dias uma amiga me falou desse livro, questionou se eu conhecia... e eu disse que sim,mas nunca havia me interessado pela leitura, mas lendo a sua resenha até que me interessei um pouco. Claro que não vou ler por agora, porque tem muito livros pela frente, mas acredito que em um futuro próximo eu consiga ler... Xero!!!

    ResponderExcluir
  8. Que capa LINDAA. Apesar de não ser muito chegada em romances, acho que vou dar uma chance pra esse livro, porque é beem diferente. Curti demais isso de amor e ódio (ou ódio quase amor kk).

    Beeijos

    ResponderExcluir
  9. Sou apaixonada por essa capa! *-* Eu também gostei demais da história, Paula, e sua resenha me lembrou que tenho que ler Romeu Imortal urgente!!! Também tenho que reler esse pra relembrar todos os detalhes. Romeu e Julieta nunca deixarão de ser meu casal preferido, no início fiquei brava com a autora, mas depois curti a releitura.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  10. Oi Paula

    Acho muito bacana uma releitura de um clássico, e mesmo a história sendo muito interessante, acho que eu não gostaria de ler essa versão porque sou apaixonada demais pela história de Shakespeare.

    Super bjos
    http://www.i-likemovies.com/

    ResponderExcluir
  11. Oi Paulinha, tudo bem?
    Eu já tinha visto essa capa, mas não sabia o que esperar do livro. Você me surpreendeu. O que fizeram com o Romeu???? Risos...A força do amor é atemporal, não tem jeito, Romeu pode ficar mal, pode fazer coisas erradas, mas no fim é Romeu!!!!!!
    Super criativa essa história, simplesmente adorei!!!!!!! Mais um livro para a lista, ai desespero.....
    beijinhos.
    cila-leitora voraz
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oi Paula,

    Faz um tempinho que li esse livro, mas lembro que amei a história, com essa nova versão...
    Gostei bastante da sua resenha e assim como você também recomendo que leiam o primeiro (o original) e depois esse hehe.
    Beijos

    Mari - Stories And Advice

    ResponderExcluir
  13. Oi Paula,

    Estou com esse e Romeu Imortal e até agora ainda não consegui tempo para ler.
    Mas gostei muito da sua resenha, mostrou a história e o quanto você gostou. Realmente, Shakespeare é divertido, emocionante e atual, por isso ele é um ícone da literatura mundial.

    Beijos,

    Priscila Yume
    http://yumeeoslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir