terça-feira, 30 de maio de 2017

[AuAu] Lançamento Valentina Dumplin’ - Cresça e apareça. Faça e aconteça! - Julie Murphy

[AuAu] Lançamento Editora Valentina Dumplin’ - Cresça e apareça. Faça e aconteça! - Julie Murphy 


Especialmente para os fãs de John Green e Rainbow Rowell, apresentamos uma destemida heroína e sua inesquecível história sobre empoderamento feminino, bullying, relação mãe e filha, e a busca da autoaceitação. 


Sob um céu estrelado e ao som de Dolly Parton, questões como o primeiro beijo, a melhor amiga, a perda de alguém que amamos demais e “estou acima do peso e ninguém tem nada com isso” fazem de Dumplin’ um sucesso que mexerá com o seu coração. Para sempre.


Gorda assumida, Willowdean Dickson (apelidada de Dumplin’ pela mãe, uma ex-miss) convive bem com o próprio corpo. Na companhia da melhor amiga, Ellen, uma beldade tipicamente americana, as coisas sempre deram certo... até Will arrumar um emprego numa lanchonete de fast-food. Lá, ela conhece Bo, o Garoto da Escola Particular... e ele é tudo de bom. Will não fica surpresa quando se sente atraída por Bo. Mas leva um tremendo susto quando descobre que a atração é recíproca. 

Ao contrário do que se imaginava – a relação com Bo aumentaria ainda mais a sua autoestima –, Will começa a duvidar de si mesma e temer a reação dos colegas da escola. É então que decide recuperar a autoconfiança fazendo a coisa mais surreal que consegue imaginar: inscreve-se no Concurso Miss Jovem Flor do Texas – junto com três amigas totalmente fora do padrão –, para mostrar ao mundo que merece pisar naquele palco tanto quanto qualquer magricela.

JULIE MURPHY vive no norte do Texas com o marido que a ama, o cachorro que a adora e os gatos que a toleram. Quando não está recordando deliciosos momentos de sua vida como bibliotecária, escrevendo ou mesmo tentando recolher animais abandonados, Julie pode ser encontrada assistindo a filmes feitos para a TV, caçando a perfeita fatia de pizza caprichada no queijo e planejando sua próxima grande aventura turística. Após abandonar a profissão de bibliotecária (quanta saudade!), Julie agora é escritora em tempo integral. Seu aclamado romance de estreia se chama Side Effects May Vary. 
Visite Julie em www.juliemurphywrites.com

“A voz autêntica da protagonista leva o leitor a pensar sobre tudo que constrói – e destrói – a autoestima.” Booklist, resenha estrelada

“Uma leitura gostosa e agradável para todos os adolescentes que, em algum momento, não se sentiram bem na própria pele.” School Library Journal

Paula Juliana

segunda-feira, 29 de maio de 2017

Resenha: Os Homens que Não Amavam as Mulheres - Millennium # 1 - Stieg Larsson

Resenha: Os Homens que Não Amavam as Mulheres - Millennium # 1 - Stieg Larsson
Classificação: 5/5 ♥ Favorito 
Editora: Companhia das Letras

Sinopse: Os Homens que Não Amavam as Mulheres - Millennium # 1 - Stieg Larsson Os Homens que Não Amavam as Mulheres - Vem da Suécia um dos maiores êxitos no gênero de mistério dos últimos anos: a trilogia Millennium - da qual este romance, Os homens que não amavam as mulheres, é o primeiro volume. Seu autor, Stieg Larsson, jornalista e ativista político muito respeitado na Suécia, morreu subitamente em 2004, aos cinqüenta anos, vítima de enfarte, e não pôde desfrutar do sucesso estrondoso de sua obra. Seus livros não só alcançaram o topo das vendas nos países em que foram lançados (além da própria Suécia, onde uma em cada quatro pessoas leu pelo menos um exemplar da série, a Alemanha, a Noruega, a Itália, a Dinamarca, a França, a Espanha, a Itália, a Espanha e a Inglaterra), como receberam críticas entusiasmadas. O motivo do sucesso reside em vários fronts. Um deles é a forma original com que Larsson engendra a trama, fazendo-a percorrer variados aspectos da vida contemporânea, da ciranda financeira feita de corrupção à invasão de privacidade, da violência sexual contra as mulheres aos movimentos neofascistas e ao abuso de poder de uma maneira geral. Outro é a criação de personagens extremamente bem construídos e originais, como a jovem e genial hacker Lisbeth Salander, magérrima, com o corpo repleto de piercings e tatuagens e comportamento que beira a delinqüência. O terceiro é a maestria em conduzir a narrativa, repleta de suspense da primeira à última página. Os homens que não amavam as mulheres é um enigma a portas fechadas - passa-se na circunvizinhança de uma ilha. Em 1966, Harriet Vanger, jovem herdeira de um império industrial, some sem deixar vestígios. No dia de seu desaparecimento, fechara-se o acesso à ilha onde ela e diversos membros de sua extensa família se encontravam. Desde então, a cada ano, Henrik Vanger, o velho patriarca do clã, recebe uma flor emoldurada - o mesmo presente que Harriet lhe dava, até desaparecer. Ou ser morta. Pois Henrik está convencido de que ela foi assassinada. E que um Vanger a matou. Quase quarenta anos depois, o industrial contrata o jornalista Mikael Blomkvist para conduzir uma investigação particular. Mikael, que acabara de ser condenado por difamação contra o financista Wennerström, preocupa-se com a crise de credibilidade que atinge sua revista, a Millennium. Henrik lhe oferece proteção para a Millennium e provas contra Wennerström, se o jornalista consentir em investigar o assassinato de Harriet. Mikael descobre que suas inquirições não são bem-vindas pela família Vanger, e que muitos querem vê-lo pelas costas. De preferência, morto. Com o auxílio de Lisbeth Salander, que conta com uma mente infatigável para a busca de dados - de preferência, os mais sórdidos -, ele logo percebe que a trilha de segredos e perversidades do clã industrial recua até muito antes do desaparecimento ou morte de Harriet. E segue até muito depois.... até um momento presente, desconfortavelmente presente.

''Uma menina de comportamento desviante que ninguém amava.''

O que leva uma mulher a ser AMADA? Será que é uma beleza surpreendente?! Será a cor intensa de seus olhos?! Será seu corpo, suas curvas?! Sensibilidade?! Delicadeza?! Paixão?! Força?! Ou melhor... O que leva uma mulher a ser ODIADA? Ser maltratada? Abusada? Sua Beleza?! Olhos?! Corpo?! Sensibilidade?! Delicadeza?! Força... ou a falta dela?! Afinal, descobri porque OS HOMENS NÃO AMAVAM AS MULHERES, com uma brilhante e forte história, Stieg Larsson nos conta por meio da força de Lisbeth Salander e da gentiliza de Mikael Blomkvist como um enredo pode ser direto, marcante, chocante, instigante, fazendo o leitor tremer da cabeça aos pés, do começo ao fim da leitura!

''...introvertida, socialmente limitada, ausência de empatia, egocêntrica, comportamento psicopata e anti-social, dificuldades de colaboração e de aprendizado.''

Mikael é um famoso jornalista, co-fundador da revista Millennium, juntamente com Erika, sua melhor amiga de anos, companheira de trabalho e amante ocasional. Mikael caiu em uma armadilha ao investigar um poderoso homem, se inicia assim o Caso Wennerström, onde Mikael é acusado e condenado por difamação e por criar ''provas falsas''. Com uma grande repercussão, Mikael, assim como a Millennium são muito prejudicados e entram em uma grande crise, ele se afasta da revista, mesmo contra a vontade de Erika, nesse meio tempo o jornalista recebe uma oferta do poderoso velho empresário e líder das empresas da família Vanger, Henrik Vanger.

Henrik conta a sua história e o fato que o atormenta a mais de 40 anos, sua sobrinha desapareceu durante uma reunião de família e nunca foi encontrada, o Sr. Vanger acredita que recebe flores em quadros do assassino até hoje, Harriet a doce menina de 16 anos, sempre o presenteara com quadros com flores, após seu sumiço, Henrik ainda recebe os presentes de aniversário, todo ano de um lugar diferente do mundo.

''Mikael sentiu um calafrio percorrer-lhe o corpo.''

Então, quem seria tão sádico e próximo ao ponto de brincar com o homem até hoje? Bem... esse é o mistério que Mikael tem em mãos, descobrir qual foi o triste fim de Harriet! Foi morta mesmo? Qual dos familiares gostaria de ver Henrik maluco? Obcecado? Seria um caso de ambição? Poder? Qual seria o segredo que Harriet iria contar para Henrik antes do acidente na ponte que ocorreu naquele dia?
São tantas as perguntas, as pistas, as pontas soltas dessa história que Mikael acaba se envolvendo e entrando em uma grande teia de aranha onde os homens não amavam suas mulheres!

Falando em mulheres! Lisbeth nossa grande ''mocinha'' protagonista não tem como não ser um grande e polêmico destaque, essa menina de 24 anos me tirou as palavras e o fôlego em diversos momentos da leitura, dizer que ela é uma personagem forte é até um pecado, essa mulher é um tremendo exército inteiro em seu um metro e meio de altura.

Não só na força e determinação Lisbeth se sobrepõem, ela também é uma figura diferente, entre a aparência gótica, obscura e a sua tendencia anti-social, Lisbeth é uma tutelada do estado, é considerada uma INCAPAZ de gerenciar sua vida e seu dinheiro, então desde muito novinha convive com seu tutor, após um derrame o mesmo entra em estado vegetativo e Lisbeth recebe a notícia que outro homem foi designado para cuidar de sua VIDA. Um homem que parece um tanto ambíguo e que vai mexer com a paz de Lisbeth.

''Não conseguia entender Lisbeth Salander. Ela tinha um comportamento estranho, fazia longas pausas no meio da conversa. Seu apartamento era um caos, com montanhas de jornais no vestíbulo e uma cozinha que não passava por uma limpeza havia um ano. [...] Tinha várias tatuagens pelo corpo, piercings no rosto e provavelmente também em lugares que ele não vira. Ou seja, uma criatura especial. ''

São tantas nuances que essa personagem apresenta que ser uma Hacker profissional, com uma super memória fotográfica parece um mero detalhe, mas é esse detalhe que leva Lisbeth a vida do jornalista Mikael!

''- Você tem olhos lindos - ele disse. 
- Você tem olhos gentis - ela respondeu.''

A Obra tem um enredo PODEROSO, não só envolve o leitor, como o coloca dentro de todo o mistério, de repente você está tão mergulhado, tão submerso que as pistas dos personagens são suas pistas, que seus inimigos são os seus inimigos e que você vai fazer de tudo para descobrir, vasculhar e entender esse mistério.

''(Magda), Levítico, capítulo XX, versículo 16:
''Se uma mulher se aproximar de um animal para se prostituir com ele, será morta juntamente com o animal. Serão mortos e levarão a sua iniquidade.''

Mikael é tão gentil, sem palavras para descrever como gostei do seu modo cavaleiro de ser, de como ele foi um bom e digno representante masculino no meio de uma história tão pesada, é um homem encantador, na sua personalidade e principalmente na sua HONESTIDADE, acredito que foi isso que me conquistou e que vai conquistar qualquer leitor não importa qual seu sexo.

Outro personagem que ganhou meu coração foi o velho Henrik  Vanger, o homem que nunca desistiu, foi obstinado, obcecado, sim foi; teimoso, ''lutou'' contra uma família ambiciosa e arrogante, sinceramente ele não é um grande mocinho, não é um personagem SANTO, mas no meio de tanta gente cruel, sua bondade se destacou.

''... o caso Rebecka nos anos 1940, a jovem violentada e assassinada. Para matá-la, haviam posto sua cabeça sobre carvões ardentes. ''A seguir a vítima será cortada em pedaços, com a cabeça e a gordura, que o sacerdote disporá sobre a lenha colocada sobre o fogo do altar.'' Rebecka. RJ. Qual era o sobrenome dela?
Santo Deus! Com que história de gente maluca Harriet havia se metido?''

Os Homens que não Amavam as Mulheres é uma obra forte? Bem... posso dizer com toda a certeza que não é uma história para se ler para crianças, ela tem temas pesados, cenas pesadas, porém, não encontramos descrições horrendas e extremas, mas são apesar de tudo CHOCANTES.
Violência de diversas formas contra as mulheres, dominação, violência física e psicológica, aliados com a investigação do caso Harriet e Wennerström.

''Mulheres desaparecem o tempo todo. Elas não fazem falta a ninguém.''

Um terrível jogo de poder/política e violência/poder. 
Por que alguns homens abusam de suas mulheres? Por que os assassinos matam? Por que as pessoas que não agem moralmente, socialmente corretamente se comportam dessa forma? Uma das respostas seria: Eles PODEM, porque eles fazem o que ''todos'' os homens querem e não fazem, eles pegam e dominam! Um triste, foda, e sádico pensamento, mas é sim uma das respostas que o livro levanta tão brilhantemente. Certo? Errado? Ficção? Realidade?!!!

''Mikael acabava de abrir a porta do inferno.''

Por que ler a série MILLENNIUM? O ENREDO. Os personagens. A investigação, o suspense, a pegada policial, política e jornalistica, se eu falar que tem até religião envolvida nesse meio vocês acreditam?!? Outra coisa, depois desse romance não queria ser mulher na Suécia! Mais motivos? A ambientação! A super escrita do autor, ele é GENIAL, muito bom, muito ágil, quase não senti suas 500 páginas e sim, é uma obra puramente INTELIGENTE, fechada, crítica, muito bem amarrada e brilhantemente desenvolvida. Convenci vocês? Espero de coração que sim, que todos os leitores desse blog se encantem com a profundidade dessa história.

''- Percebi que você é diferente das outras mulheres desde o primeiro instante em que te vi - ele falou. - E vou dizer uma coisa: fazia muito tempo que eu não gostava naturalmente de alguém assim desde o primeiro instante.'' 

Não vou mentir, não foi uma leitura fácil, no começo já sentimos como o enredo é denso e grandioso, sofri muito lendo, não foram só as partes de suspense e investigação que me conquistaram, sofrer, temer, e amar os personagens, odiar também, afinal, temos muito mais pessoas sombrias que fontes de luz nesse enredo, é um FATO. A angustia e a curiosidade são sentimentos e sensações presentes. Como um bom Thriller mexe com a cabeça de quem lê. Sou uma leitora meio maluca e um pouco influenciada pelo que estou lendo no meu dia-a-dia, então, personagens bonitinhos e sorridentes ou ambientes sombrios e situações de suspense naturalmente me deixam mais calma ou tensa. Lisbeth e Mikael me levaram para um mundo profundo e negro, porém, conseguiram me cativar a tal ponto com suas força e gentileza que não tem como não sorrir e se deixar levar por esses dois.

Segundo o autor Stieg Larsson todos temos segredos... trata-se apenas de descobrir quais são! E para mim essa história não termina aqui, sou uma leitora furiosa, apaixonada e louca para descobrir muito mais, todos os segredos, todos os ninhos e armações que existem nessas teias. Millennium se inicia contando uma tremenda história desses homens... Os Homens que não Amavam as MulheresStieg é um rei do Thriller e eu não irei parar por aqui, obra RECOMENDADÍSSIMA!

Política, religião, opinião, jornalismo, violência, romance e muito suspense em uma obra de tirar o FÔLEGO!

''De repente ela percebeu que o amor era o instante em que o coração fica a ponto de explodir.''

Paula Juliana 

sexta-feira, 12 de maio de 2017

[@Petit] Lançamento da Petit Editora no Overdose Literária!

[@Petit] Lançamento da Petit Editora no Overdose Literária!


Reescrevendo Histórias
Cristina Censon
Daniel (Espírito)

Espanha, século 17. Santiago, jovem médico criado pelo avô desde a morte dos seus pais, de repente descobre que é herdeiro de terras em Córdoba. Na busca pela herança, acaba conhecendo um grande amor e um segredo inviolável sobre o passado do seu avô. 

Conforme vai adquirindo consciência sobre a história de sua família, marcada por mentiras, assassinatos e traições, Santiago se vê confrontado a acreditar numa realidade espiritual. Sua obsessão pela verdade não resulta apenas em uma história de amor, mas também em autoconhecimento. 


Revela que na roda viva da existência terrena tudo se entrelaça: da dor à paixão; do sofrimento à paz; do humano ao divino.


Paula Juliana

quinta-feira, 11 de maio de 2017

[@Petit] Lançamento da Petit Editora no Overdose Literária!

[@Petit] Lançamento da Petit Editora no Overdose Literária!


Nas brumas do tempo
Sarah Kilimanjaro
Vinícius (Espírito)


Bruna e Armando estavam muito felizes com a chegada de Luciene, a primeira filha do casal. No entanto, a alegria durou pouco. Aquele anjo, ainda no começo da jornada, volta ao mundo espiritual com apenas quatro anos de idade. 

A tristeza tomou conta daquele lar. Deus, porém, presenteia-os com a vinda de Alice, trazendo novamente alegria ao lar. Com o passar do tempo, eles começam a observar na menina um comportamento muito semelhante ao da primeira filha. 

Vão em buscas de respostas para poder entender o que está acontecendo. Nessa trajetória, começam a compreender que a vida não é apenas esta pálida imagem terrena que temos, e que há muito mais coisas importantes para descobrir


Paula Juliana

quarta-feira, 10 de maio de 2017

[@Petit] Lançamento da Petit Editora no Overdose Literária!

[@Petit] Lançamento da Petit Editora no Overdose Literária!


Um novo dia para amar
Célia Xavier de Camargo
Paulo Hertz (Espírito)

Quem nunca ouviu da boca de uma criança histórias sobre seus amigos invisíveis ou relatos de experiências vividas em outro período na Terra? Nesta obra, Valéria, diretora de uma escola de crianças e adolescentes, nunca tinha presenciado nada incomum entre eles, quando, de repente, começam a apresentar comportamentos estranhos. 

Profissional comprometida com o trabalho, Valéria fica desorientada. Ao buscar ajuda, conhece o médico Maurício, que a levará a compreender que apenas conhecimentos pedagógicos e psicológicos não são suficientes para ajudar seus alunos.

Paulo Hertz, o autor espiritual, faz parte da Colônia Céu Azul e há tempos trabalha com jovens nos dois planos. Ele nos traz este romance para orientar pais, psicólogos e educadores a lidar com uma nova geração, cuja presença em nosso planeta tem o objetivo de auxiliar a humanidade em seu processo evolutivo.


Paula Juliana

terça-feira, 9 de maio de 2017

[@Petit] Lançamento da Petit Editora no Overdose Literária!

[@Petit] Lançamento da Petit Editora no Overdose Literária!


Quando é inverno em nosso coração
Américo Simões
Clara (Espírito)

Clara e Amanda são irmãs que cresceram num lar europeu, do final do século 19, quando os casamentos ainda eram arranjados pelos pais. Clara é apaixonada por Raymond, o jardineiro da família. Por ser a filha mais velha, se vê obrigada a se casar com o rico Raphael. 

Porém, às vésperas de suas bodas é acometida por uma doença desconhecida que a deixa à beira da morte. Para não interromper o acordo entre as famílias, Amanda se casa no lugar da irmã. Mas a troca das noivas não é bem recebida por Raphael, já que havia se apaixonado por Clara. 

O rapaz não supera a decisão, alheia à sua vontade, e passa a desconfiar de que a doença repentina da jovem é puro fingimento para evitar o matrimônio. Essa paixão não correspondida e um segredo inviolável marcarão para sempre a vida da jovem Clara e de todos que a rodeiam.


Paula Juliana

segunda-feira, 8 de maio de 2017

[ESPECIAL Série Saga Lux ] @EditoraValentina @JenniferL.Armentrout

[ESPECIAL Série Saga Lux ] @EditoraValentina @JenniferL.Armentrout

Resenha: Obsidiana - Obsidiana /// Livro 01 - Saga Lux # 01 - Jennifer L. Armentrout
Classificação: 5/5 ♥ Favorito
Editora: Valentina

Sinopse: Obsidiana - Obsidiana /// Livro 01 - Saga Lux # 01 - Jennifer L. Armentrout
Começar de novo é uma porcaria. Quando nos mudamos para West Virginia antes do último ano de curso, eu tinha me resignado ao sotaque engraçado, ter conexão de internet ruim e me cansar da vida monótona como uma ostra... Até que eu vi meu vizinho sexy, tão alto e com esses impressionantes olhos verdes. As coisas pareciam estar melhorando. E então ele abriu a boca. Daemon é insuportável e arrogante. Nós não nos damos bem. Nada, nada bem mesmo. Mas quando um estranho me atacou e Daemon congelou o tempo, literalmente, com um movimento de sua mão... Bem, algo aconteceu... Inesperado. O sexy alienígena que vive do outro lado da rua. Sim, você ouviu direito. Alien. Acontece que Daemon e sua irmã têm uma galáxia cheia de inimigos que querem roubar suas habilidades, e o toque de Daemon fez com que eu parecesse um daqueles sinais luminosos em Las Vegas. A única maneira de sair dessa viva é ficar colada a Daemon até que minha "luz" extraterrestre se apague. Isso se eu não matar a Daemon antes, claro.

Uma obra para se degustar!

Sabem aquele tipo de livro que é gostoso, docinho, DELICIOSO... do começo ao fim?! Aquele que tem uma mocinha esperta, que sempre está se metendo em problemas que seu nome do meio deveria ser ENCRENCA?! Aquele tipo de história que temos O Mocinho? É ele! O bonitão, charmoso, carismático que rouba a cena?!!! Que é o vilão, o herói, o cara fofo e babaca ao mesmo tempo?! Aquele que amamos odiar, e odiamos amar! Então, meus leitores apresento Obsidiana da autora Jennifer L. Armentrout, da série LUX, uma série que não é deste planeta!

Terminei Obsidiana apaixonada!
Fazia um tempo que não lia um romance sobrenatural fofo, e simples assim que me tirasse da face da terra. Realmente um livro para se curtir, para se entrar na história, mergulhar nos dramas, na aventura, nessa louca perseguição e torcer loucamente pelo romance!

Um romance bonitinho, simples, engraçado e não sei como, Meu Deus, é quente! E olha que é um romance tecnicamente juvenil, só que com um mocinho desses não tem como não esquentar essa jornada! Raios e trovões a parte... AMEI Daemon!
A autora já começo ganhando pontos comigo com o nome do protagonista - sim! Aqui jaz uma fã de The Vampire Diaries!!!! #SomosDelenaSempre
Na primeira página já consegui sentir como o romance iria seguir e como iria me pegar pra valer!

Nossa garota é Kat! 
Kat é nova em uma pequena cidade, ela é como nós minha gente! Uma blogueira, que vive em sua toca, lendo seus livros, não tem muito tempo para o social, porém, quando seu pai faleceu de câncer e ela e sua mãe que é super para frente se mudam, Kat logo conhece seus novos vizinhos! Seres muito especiais! 

Kat e Daemon vivem literalmente entre tapas e beijos, ou farpas e muita, muita química! Daemon perdeu pessoas importantes então TUDO na sua vida é cuidar e proteger sua irmã Dee que é sua família! Dee insiste em tentar ter uma vida normal e amizade com seres humanos, mas Daemon é contra, o que não vale de muito, pois a amizade entre Dee e Kat acontece e é muito bonita e divertida!

Porém, o mocinho torto tem uma certa razão pois É MUITO PERIGOSA essa amizade tanto para Dee, quanto para Kat, fazendo ambas correrem perigo de serem mortas por forças que não são mesmo desse mundo!

É um livro misterioso, uma história que vai como água, que quando vemos já terminou, vou confessar que é clichê, sim, é! E por mais forte que eu tentasse ser, não teve como não terminar a obra aos suspiros! Daemon não é o mocinho convencional, vou dizer que ele é sexy, mas é também metido, insuportável! E irresistível quando conseguimos o ver de verdade por baixo de todo aquele sarcasmo e prepotência! Desculpem mocinhos fofos, me apaixonei pelo alienígena gato! E NUNCA pensei que iria dizer isso! 

Kat é uma mocinha muito legal, não é aquela cheia de mimimi, ela toca o dane-se geral muitas vezes e não se intimida com nada! Corajosa, leal e amante dos livros, o que queremos mais?!

Amei a mitologia! #Original

Obsidiana me fez curtir cada minuto de sua história, foi tão leve e gostosa, tão apaixonante e envolvente que não tem como não recomendar para os fãs do bom e velho romance sobrenatural! Alguns mocinhos nos ganham pelo romantismo e doçura, Daemon me ganhou pelo humor, pelo sarcasmo, a cara de mal, a pegada sobre-humana e sua lealdade, minha torcida é que ele ganhe a destemida Kat e que TODOS saiam dessa com vida!
Loucamente  apaixonada! Recomendadíssimo!
  
Resenha: Ônix - Série Saga Lux # 2 - J. Lynn
Classificação: 5/5 ♥ Favorito
Editora: Valentina

Sinopse: Ônix - Série Saga Lux # 2 - J. Lynn
Estar conectada a ele é uma droga! Graças ao seu abracadabra alienígena, Daemon está determinado a provar que o que sente por mim é mais do que um efeito colateral da nossa bizarra conexão. Em vista disso, fui obrigada a dar um “chega pra lá” nele, ainda que ultimamente nossa relação esteja... esquentando. Algo pior do que os Arum ronda a cidade. O Departamento de Defesa está aqui. Se eles descobrirem o que o Daemon pode fazer e que nós estamos conectados, vou me ferrar. Ele também. Além disso, tem um garoto novo na escola que, tal como a gente, guarda um segredo. Ele sabe o que aconteceu comigo e pode ajudar, mas, para fazer isso, preciso mentir para o Daemon e ficar longe dele. Como se isso fosse possível! Até que, de repente, tudo muda. Vi alguém que não deveria estar vivo. E tenho que contar ao Daemon, mesmo sabendo que ele não vai parar de investigar até descobrir toda a verdade. Ninguém é o que parece ser. E nem todo mundo irá sobreviver às mentiras.

Uma continuação surpreendente!
Ônix é aquele tipo de livro que te deixa grudadinha na história e pensando o tempo inteiro em seus personagens. Quando conheci a história de Daemon e Katy logo percebi que iria me apaixonar completamente! Enredo energético, rápido, envolvente e com aquele pegada sobrenatural de fantasia que tanto amo, fui completamente abduzida para esse mundo.

Outra constante na história é claro, é o romance, daqueles que te fazem degustar cada diálogo, cada interação do casal, cada momento fofo, mas nada, nada, supera essa mitologia diferente e original! Obrigada J. Lynn!!!

Recapitulando o primeiro volume:

Terminei Obsidiana apaixonada! (Volume UM)
Fazia um tempo que não lia um romance sobrenatural fofo, e simples assim que me tirasse da face da terra. Realmente um livro para se curtir, para se entrar na história, mergulhar nos dramas, na aventura, nessa louca perseguição e torcer loucamente pelo romance!
Um romance bonitinho, simples, engraçado e não sei como, Meu Deus, é quente! E olha que é um romance tecnicamente juvenil, só que com um mocinho desses não tem como não esquentar essa jornada! Raios e trovões a parte... AMEI Daemon!
Na primeira página já consegui sentir como o romance iria seguir e como iria me pegar pra valer!

Nossa garota é Katy! 
Katy é nova em uma pequena cidade, ela é como nós minha gente! Uma blogueira, que vive em sua toca, lendo seus livros, não tem muito tempo para o social, porém, quando seu pai faleceu de câncer e ela e sua mãe que é super para frente se mudam, Katy logo conhece seus novos vizinhos! Seres muito especiais! 

Kat e Daemon vivem literalmente entre tapas e beijos, ou farpas e muita, muita química! Daemon perdeu pessoas importantes então TUDO na sua vida é cuidar e proteger sua irmã Dee que é sua família! Dee insiste em tentar ter uma vida normal e amizade com seres humanos, mas Daemon é contra, o que não vale de muito, pois a amizade entre Dee e Kat acontece e é muito bonita e divertida! Porém, o mocinho torto tem uma certa razão pois É MUITO PERIGOSA essa amizade tanto para Dee, quanto para Kat, fazendo ambas correrem perigo de serem mortas por forças que não são mesmo desse mundo!

É um livro misterioso, uma história que vai como água, que quando vemos já terminou, vou confessar que é clichê, sim, é! E por mais forte que eu tentasse ser, não teve como não terminar a obra aos suspiros! Daemon não é o mocinho convencional, vou dizer que ele é sexy, mas é também metido, insuportável! E irresistível quando conseguimos o ver de verdade por baixo de todo aquele sarcasmo e prepotência! Desculpem mocinhos fofos, me apaixonei pelo alienígena gato! E NUNCA pensei que iria dizer isso!

Em Ônix:

Daemon e Katy estão conectados após o evento do livro final. Isso trás uma ligação surpreendente entre ambos. A relação que antes era conturbada - ainda continua assim, porém, agora necessitam um do outro por uma questão de vida ou morte. Entre os grandes vilões Aruns, os Aliens do mal, o DOD, governo que ''busca ajudar a humanidade'', ''proteger as pessoas'', a vida do casal fica bem agitada, ainda para ajudar Katy começa a desenvolver ''poderes'' que não ajudam em nada sua vida e sobrevivência!

Nesse volume encontramos também personagens novos, um concorrente para o mocinho, que na minha modesta opinião nunca nem chegaria aos pés do protagonista! Geralmente eu como leitora, quando não gosto de um personagem, não há nada nesse universo que mude isso. Blake é o perfeito exemplo disso, desconfiei dele desde o início, quando apareceu na vida da mocinha, muito normal, fofo e convidativo, achei meio forçado, mas, enfim, acredito que cada um vai ter uma opinião sobre esse ser em especial.

Dee não apareceu tanto quanto gostaria, amo a amizade das meninas, o enredo foi bem focado na ação, na aventura e no romance e ligação entre Daemon e Katy. O que eu também curti muito. A escrita da autora continua muito gostosa, muito envolvente, me fazendo suspirar e torcer muito! E simplesmente babei por seus diálogos espirituosos!

Ônix assim como Obsidiana foi um livro para se degustar. É uma indicação perfeita para os amantes dos romances sobrenaturais, que amam fantasia e ação. Com personagens apaixonantes, um mocinho que vale totalmente a leitura e um enredo de outro planeta! Me envolvi a cada página, a cada cena, a cada linha dessa história! Recomendadíssimo!!!! 

LEITURA DO MOMENTO:
@Valentina Opala - Eles vão arriscar tudo! Saga Lux # 3 - J. Lynn


Opala - Eles vão arriscar tudo! Saga Lux # 3 - J. Lynn
Editora: Valentina

Ninguém é igual ao Daemon Black. Quando ele prometeu que iria provar seus sentimentos por mim, não estava brincando. Nunca mais vou duvidar dele. E agora que conseguimos finalmente aparar nossas arestas, bem... 

Tem rolado muita combustão espontânea. Mas nem mesmo ele pode proteger a família dos perigos de tentarem libertar aqueles que amam. Depois de tudo o que aconteceu, já não sou mais a mesma Katy. Tornei-me uma pessoa diferente... 

E não sei bem o que isso vai significar no final. Quanto mais nos aproximamos da verdade e nos colocamos no caminho da organização secreta responsável por torturar e testar os híbridos, mais me dou conta de que não existe limite para o que sou capaz de fazer. 

A morte de um ente querido continua afetando a todos, a ajuda surge do lugar mais improvável, e nossos amigos irão se tornar nossos piores inimigos, mas não podemos voltar atrás. Mesmo que com isso estejamos arriscando destruir nosso mundo para sempre. 
Juntos somos fortes... e eles sabem disso.

Paula Juliana

domingo, 7 de maio de 2017

[ESPECIAL VALENTINA] Trilogia Rock Star - S.C. Stephens @VALENTINA

[ESPECIAL VALENTINA] Trilogia Rock Star - S.C. Stephens @VALENTINA

Resenha: Rock Star - Trilogia Rock Star # 1,5 - S.C. Stephens
Classificação: 5/5 ♥♥ Favorito ♥♥
Editora: Valentina

Sinopse: Rock Star - Trilogia Rock Star # 1,5 - S.C. Stephens
Ele é intenso, complicado e perigoso. Ele é demais! O único lugar onde Kellan Kyle sempre se sentiu em casa foi no centro de um palco. 
Tocando guitarra num bar escuro, ele consegue esquecer o passado doloroso. Nos últimos tempos a sua vida se resume em três coisas: música, seus companheiros de banda e intensos encontros sexuais. Até que uma mulher muda tudo... 
Kiera é o tipo de garota que Kellan jamais deveria desejar -- ela é inteligente, doce, e também a namorada do seu melhor amigo. Convencido de que nunca conseguirá merecer o amor dela, ele esconde a sua crescente atração... até que o coração atormentado de Kiera oferece a Kellan algumas pistas de que os sentimentos dele podem ser correspondidos. Agora, não importam as consequências, Kellan tem uma certeza: não vai deixar Kiera escapar sem lutar por ela. Em Intenso Demais, Kiera contou sua história. Agora é a sua vez ouvir a versão pela boca do “rock star” sexy que cativou fãs do mundo inteiro.

UMA OBRA INTENSA DEMAIS - sim, trocadilhos também pôde! 
O mais gostoso de começar essa obra é saber que vamos nos reencontrar com esse personagem que mexeu tanto com a imaginação de tantas pessoas, que cativou milhões de leitores e agora voltou com força total para contar A SUA história, a sua perspectiva dos fatos, seus sentimentos, suas motivações. 
E se engana quem acha que sabe o que vai encontrar, você leu muitas vezes Intenso Demais? Eu também li! Você conhece há muito tempo Kellan Kyle? Eu também conheço! Você começou lendo e viu que foi parar em uma história totalmente diferente? Isso também aconteceu comigo! ROCK STAR foi um livro dedicado aos fãs, foi feito com carinho para NÓS meros mortais entendermos a fundo esse personagem cheio de nuances. 
E foi simplesmente magnifico!

Terminei Rock Star ainda mais apaixonada se é possível por Kellan, esse é o típico homem que pelo seu perfil achamos que conhecemos, mas se espantamos quando acompanhamos seus pensamentos e sentimentos.

Essa série de S.C. Stephens fala sobre traição, e amor, paixão, sabemos disso, mas esse livro fala muito também sobre rejeição. Kellan esse homem lindo, talentoso e apaixonado, sofreu muito na vida, aqui podemos entender sua relação com Denny, porque ele foi tão importante na juventude do menino Kyle e porque foi tão difícil para todos a situação que acontece com o trio. Kellan sofreu rejeição e violência quando criança, cresceu sobre os holofotes que nunca foi bom o bastante, nunca teve ninguém que o amasse e o colocasse em primeiro plano. 

Então ele foi crescendo, viveu a perda daquelas pessoas que deveriam ter o protegido, mas sempre o fizeram sofrer, teve uma iniciação sexual muito precoce, o fato de ser bonito e ter esse ar de garoto abandonado, sempre fez Kellan ter muito acesso a muitas mulheres, e ele sempre buscou no sexo o carinho, a proximidade que faltou em sua vida afetiva, mas esses encontros vazios não o completavam mais profundamente, e cada vez o sexo o deixava menos satisfeito no quesito emocional. 

Então, Kiera com seu ar inocente e apaixonado aparece na vida de Kell, essa moça bonita que não sabe como é linda, que largou toda a sua vida para seguir o homem que ama, e Kellan começa como espectador, observando e admirando o casal, sem nenhuma segunda intenção, vendo como existe sim relacionamentos bonitos e verdadeiros, começa invejando gestos simples do casal, sendo amigo dos dois, sem nenhuma maldade, e ler os sentimentos de Kellan mostrar como foi sem querer, naturalmente que se apaixonou por Kiera, a mulher de seu melhor amigo de infância. 

A história pode parecer clichê para alguns pelo triângulo amoroso, pelos assuntos da narrativa, não é! Descrever como essa série, essa obra mexe com o leitor, como causou inúmeras sensações, e reações e sentimentos em mim é muito complicado. Como leitora, esse romance é um dos meus preferidos, perdi as contas de quantas vezes julguei e xinguei Kiera, como os fatos que acontecem me fizeram vibrar, e torcer, sofrer, e também me apaixonar, excitar, e querer. Amo histórias intensas e essa saga é realmente assim, é um turbilhão de emoções, a gente sabe que vão se machucar, vão sofrer, ficamos em dúvida no que vai acontecer no fim, e por fim é tantas sensações que assim como os personagens ficamos confusos e aflitos, e assim como os personagens ficamos também... apaixonados!

Rock Star vai ser sempre uma grande indicação minha, comecem pelo começo, leiam a trilogia desde Intenso Demais, que é narrado por Kiera, vejam como Kiera vê Kellan, se apaixonem com ela, e depois leiam Rock Star e mesmo sendo a mesma sucessão de fatos, vai ser uma outra história, uma outra vertente, pois só aqui conhecemos Kellan Kyle de verdade! Mais que recomendo! 
Rock Star é lindo, profundo, muito bem escrito, terrivelmente apaixonante! O típico livro que não queremos que acabe nunca! Não é cinco estrelas, para mim merecia uma constelação inteira! 
Intenso! Apaixonante! Real!

Resenha: Perigoso Demais - Trilogia Rock Star # 3 - S.C. Stephens
Classificação: 5/5 ♥ Favorito 
Editora: Valentina

Sinopse: Perigoso Demais - Trilogia Rock Star # 3 - S.C. Stephens
Quando a banda se torna famosa, Kellan Kyle e Kiera são obrigados a se perguntar se o seu amor pode suportar as pressões constantes do superestrelato. As amizades que fizeram, a família que encontraram e a história que viveram irão ajudá-los a navegar pelas águas turbulentas da popularidade crescente da banda. No entanto, um executivo ganancioso e obcecado pelo sucesso, uma estrela pop em decadência à procura de emoções e o cerco da mídia, que transforma mentiras em verdades, são apenas alguns dos obstáculos que os dois amantes terão que enfrentar se quiserem continuar juntos.

Uma palavra que descreve perfeitamente essa história, esse volume final é SATISFAÇÃO!
Romances, dramas, voltas e reviravoltas, emoções que só Kellan Kyle consegue despertar no leitor! Não é novidade nenhuma meu amor por esse personagem e minha adoração por essa trilogia, consegui terminar essa história ainda mais apaixonada do que quando comecei, já sinto saudades, sinto falta, sinto as emoções desse romance como se tivesse vivido em minha própria pele.

Quando acho que S.C. se acalmou e vai me deixar respirar tranquilamente em meu tempo de leitura, ela simplesmente apronta, e aparece tanta gente para ATRAPALHAR essa relação, porque afinal, não queremos uma vida tranquila, queremos palcos, música, paixão, insegurança e desespero. E eu como leitora tive tudo isso, desde o desespero agoniante, entre as dúvidas cruéis daqueles velhos padrões que dificilmente deixam nossas vidas, passando por inúmeras vadias e alguns mais perigosos ainda cafajestes. Porque meu querido leitor, se a vida fosse fácil não teria graça, e se nossos romances não nos fizessem sofrer, como então iriamos brigar com o mundo, reclamar aos quatro ventos e xingar mocinhos, mocinhas e vilões?!!!! Em Perigoso Demais a arte imita a vida e não temos um só segundo para respirar!
Não é atoa que terminei meu lindo romance mortinha da silva!

Recapitulando INTENSO DEMAIS:

''Partindo do início quando conheci Kiera, Denny e Kellan logo senti que iria sofrer lendo. Sou da seguinte opinião - me julguem - e foi logo o que pensei ao ler: Quem não dá assistência, meu bem, abre para a concorrência! Kiera e Denny são bons juntos, são SEGUROS, tem uma relação comum, simples... e monótona. Porém, se amam! Kiera larga tudo para seguir Denny. Tudo novo, lugar novo, faculdade nova longe de casa, trabalho novo e casa/colega de casa novos! Morar com um cara como Kellan não é fácil, não só pela beleza, mas pelo CHARME e gentiliza. 

O casal se muda, novo companheiro de apartamento... e o mocinho Denny deixa a mulher SOZINHA, por meses!!!!!!!!!!!!!!!!! Com um cara como aquele! É realmente de se esperar que boa coisa não vá acontecer! Ou melhor, realmente muitas boas coisas para nós leitores! 
Sei que é um tema complicado, traição nunca é bem vista, mas apesar disso para mim o envolvimento é tão natural, tão sensível e romântico que acho bonito... e acabo esquecendo Denny na história.''  

O primeiro volume é o mais quente e mais gostoso de todos! É cheio de emoção, o leitor se questiona sobre o certo e o errado, torce pelo relacionamento, mas ao mesmo tempo, grita, sofre, chora e xinga. Como julguei e briguei mentalmente com essa Kiera, como fiquei pasma por ela demorar tanto para decidir e como me apaixonei por Kellan junto com ela.

Segundo volume: 
''Então chegamos vivos, não sei como, ao segundo volume: Complicado Demais - que mostrou um Kellan mais fragilizado, uma relação no início, os personagens tem que juntar seus caquinhos e conseguir seguir em frente depois  dos fatos do primeiro volume. Muitas coisas na vida de Kellan como artista mudam, nossa D-Bags está com tudo!!! Kiera agora vive outra realidade e as coisas seguem realmente complicadas demais!

Assim como Intenso Demais, a obra nos mata do coração, são momentos de puro amor, são brigas, são decisões que podem machucar, e aquela relação que luta para ser segura e firme, mas tem muitos obstáculos pela frente. ''

PERIGOSO DEMAIS assim como os demais livros da trilogia segue um padrão, aquele tipo de história que prende o leitor pela pegada romântica, mais aqueles dramas familiares que poderiam acontecer com qualquer um, desde a aceitação dos pais, casamento, ser amado e apoiado por uma nova família, aos dramas que NÃO acontecem com qualquer um, como fãs loucas, estérias do mundo artístico, ex com vídeos de sexo pela vida e claro, aquela banda apaixonante. #D-BagsLOVE

A escrita da autora continua gostosa do jeitinho que gosto, ela é terrível, fez novamente eu sentir aquele aperto na boca do estomago - que não é fome, é medo, agonia, desespero, aquele gritar calado pelo o que o personagem fez ou não fez!!!! É segura o fôlego, o coração e o choro!

Se indico a trilogia Rock Star? Eu queria que o mundo sentisse o mesmo desespero que eu por esse romance! Simplesmente amo Kellan, amo os D-Bags, amo até Kiera que passou de mocinha chata a mulher madura - graças a Deus - e apesar do medo do nosso Rock Star - não existe modo de não amar Kellan Kyle - doente é aqueles que não se encantam, apaixonam e querem o levar para casa!!!!
Sim Kelllan eu aceito! Me leve com você!!!

Novamente digo! Se deixem mergulhar nessa onda desgovernada e INTENSA! Se apaixonem! Recomendadíssimo!

Resenha: Complicado Demais - Trilogia Rock Star # 2 - S.C. Stephens
Classificação: 4/5 ♥ Favorito
Editora: Valentina

Sinopse: Complicado Demais - Trilogia Rock Star # 2 - S.C. Stephens
Após se envolver num triângulo amoroso que culmina numa traição devastadora, Kiera jurou aprender com os erros cometidos. Ela está determinada a nunca mais infligir aquele tipo de sofrimento a ninguém, principalmente ao homem talentoso e sensível que é o dono do seu coração. Mas a vida oferece novos desafios a cada relacionamento e, quando o amor de Kiera for submetido ao teste máximo, será que o sentimento vai sobreviver? Será que, por uma intensa paixão, vale a pena encarar um desafio tão complicado? Amar é fácil... confiar é que é difícil.

Agora chegou a hora de entregar meu coração para vocês!

Falar dos livros  da série Rock Star não é fácil, li três vezes Intenso Demais, é um dos meus romances preferidos, mas nunca consegui o resenhar, lendo agora Complicado Demais é minha chance de abrir meu coração e comentar o que acho realmente dessa história de amor!

Partindo do início quando conheci Kiera, Denny e Kellan logo senti que iria sofrer lendo. Sou da seguinte opinião - me julguem - e foi logo o que pensei ao ler: Quem não dá assistência, meu bem, abre para a concorrência! Kiera e Denny são bons juntos, são SEGUROS, tem uma relação comum, simples... e monótona. Porém, se amam! Kiera larga tudo para seguir Denny. Tudo novo, lugar novo, faculdade nova longe de casa, trabalho novo e casa/colega de casa novos! Morar com um cara como Kellan não é fácil, não só pela beleza, mas pelo CHARME e gentiliza. 

O casal se muda, novo companheiro de apartamento... e o mocinho Denny deixa a mulher SOZINHA, por meses!!!!!!!!!!!!!!!!! Com um cara como aquele! É realmente de se esperar que boa coisa não vá acontecer! Ou melhor, realmente muitas boas coisas para nós leitores! 

Sei que é um tema complicado, traição nunca é bem vista, mas apesar disso para mim o envolvimento é tão natural, tão sensível e romântico que acho bonito... e acabo esquecendo Denny na história.

O primeiro volume é o mais quente e mais gostoso de todos! É cheio de emoção, o leitor se questiona sobre o certo e o errado, torce pelo relacionamento, mas ao mesmo tempo, grita, sofre, chora e xinga. Como julguei e briguei mentalmente com essa Kiera, como fiquei pasma por ela demorar tanto para decidir e como me apaixonei por Kellan junto com ela.

Minha torcida sempre foi para Kellan, mesmo antes de o conhecer mais profundamente, seus medos, seu passado, seu sofrimento. As melhores cenas foram protagonizadas por ele, as melhores discussões, os momentos mais quentes e intensos! É realmente uma obra Intensa Demais, uma obra que sabe envolver e mexer com seus leitores!

Então chegamos vivos, não sei como, ao segundo volume: Complicado Demais - não vou mergulhar no enredo, tudo que dizer pode ser usado contra mim no tribunal e é um SUPER spoiller, mas é uma obra que mostrou um Kellan mais fragilizado, uma relação no início, os personagens tem que juntar seus caquinhos e conseguir seguir em frente depois  dos fatos do primeiro volume. Muitas coisas na vida de Kellan como artista mudam, nossa D-Bags está com tudo!!! Kiera agora vive outra realidade e as coisas seguem realmente complicadas demais!

Assim como Intenso Demais, a obra nos mata do coração, são momentos de puro amor, são brigas, são decisões que podem machucar, e aquela relação que luta para ser segura e firme, mas tem muitos obstáculos pela frente. 

SOFRI muito! S.C. Stephens sabe me deixar angustiada e subindo pelas paredes no bom e mal sentido! Amo sua escrita. Complicado Demais foi mais devagar para mim, não sei se por ter lido Intenso Demais muitas vezes e ser de fato um dos meus romances preferidos, Complicado demorou a desenvolver, mesmo assim foi uma leitura gostosa e podemos conhecer mais dessa história, agora de uma forma diferente.

Vou sempre indicar essa série pelo misto de emoções que pode causar no leitor. Kellan é apaixonante. Algumas pessoas amam e/ou odeiam muito pela protagonista Kiera. Eu tentei ao máximo me colocar em seu lugar e pensar em como EU agiria. Meu conselho: LEIAM!
Leiam de mente e coração abertos e se deixem seduzir e sentir! Se deixem mergulhar nessa onda desgovernada e INTENSA! Se apaixonem! Recomendadíssimo!

Paula Juliana

[RENOVAÇÃO] Overdose Literária em festa - Renovamos novamente com Editoras Petit e Butterfly!!!

[RENOVAÇÃO] Overdose Literária em festa - Renovamos novamente com Editoras Petit e Butterfly!!!


Novidades:
Pré-venda: " Quando é inverno em nosso coração" do autor Américo Simões



Clara e Amanda são irmãs que cresceram num lar europeu, do final do século 19, quando os casamentos ainda eram arranjados pelos pais. Clara é apaixonada por Raymond, o jardineiro da família. Por ser a filha mais velha, se vê obrigada a se casar com o rico Raphael. 

Porém, às vésperas de suas bodas é acometida por uma doença desconhecida que a deixa à beira da morte. Para não interromper o acordo entre as famílias, Amanda se casa no lugar da irmã. Mas a troca das noivas não é bem recebida por Raphael, já que havia se apaixonado por Clara. 

O rapaz não supera a decisão, alheia à sua vontade, e passa a desconfiar de que a doença repentina da jovem é puro fingimento para evitar o matrimônio. 
Essa paixão não correspondida e um segredo inviolável marcarão para sempre a vida da jovem Clara e de todos que a rodeiam.


Resenha: Herdeiro de Sevenwaters - Coleção Sevenwaters # 4 - Juliet Marillier




Sinopse: Herdeiro de Sevenwaters - Coleção Sevenwaters # 4 - Juliet Marillier
O domínio de Sevenwaters é um lugar remoto, estranho, guardado e preservado por homens silenciosos e criaturas encantadas, além dos sábios druidas, que deslizam pelos bosques vestidos em seus longos mantos...

Os chefes do clã de Sevenwaters têm sido, geração após geração, os guardiões de um dos últimos refúgios dos Tuatha De Danann, os Seres da Floresta. É nesse cenário, rodeado pela floresta de Sevenwaters, que humanos e criaturas do Outro Mundo convivem ao mesmo tempo em harmonia e desconfiança. Quando Lady Aisling dá à luz um novo herdeiro de Sevenwaters, cabe à sua filha Clodagh a responsabilidade pela casa e pelo irmão. Porém, ele é raptado, e em seu lugar é deixado um ser que pouco lembra um bebê humano. Para recuperá-lo, Clodagh tem que se aventurar no Outro Mundo, acompanhada por um misterioso guerreiro, e enfrentar o poderoso príncipe que agora reina. E a recompensa pode ser maior do que ela imagina...

Resenha: Herdeiro de Sevenwaters - Coleção Sevenwaters # 4 - Juliet Marillier
Classificação: 5/5 ♥♥ Favorito ♥♥
Editora: Butterfly

Resenhar os livros de Juliet Marillier nunca é uma tarefa fácil, mas a satisfação de terminar as obras da autora, aquela letargia, aquele sentimento de dever cumprido, de ficar olhando para a parede pensando: que obra fantástica!!!! Isso nunca tem preço!

Originalmente pensava que a série Sevenwaters seria uma trilogia, então quando vi esse quarto livro foi pura felicidade, muita emoção e simplesmente tinha que lê-lo. E mais uma vez essa autora não me decepcionou, me fez engolir em dias um livro ''imenso'' e ainda querer mais quando ele infelizmente acabou!

''Para quem não sabe a série Sevenwaters conta em cada livro a história de basicamente uma geração dessa família, são histórias fortes, que tem como base a mitologia Celta, se passam em tempos que batalhas não só envolviam muito suor e sangue como também crenças e misticismos. Druidas, feiticeiros, damas e lordes - Príncipes da floresta, pequenos seres, sereias, visões, maldições e profecias envolvem esse mundo onde tudo acontece como deveria acontecer, mesmo nós pobres humanos entendendo ou não o que a Deusa queria ou não mostrar e dizer.''

Esse foi um livro que empregou tudo que gosto em uma boa leitura!

Começou rápido, apresentou seus personagens, deu foco nessa nova geração, que no caso foram os filhos de Sean e Aisling, nossos velhos conhecidos nessa grande história. A autora foi direta e certeira, apresentou lendas, mitos, deu uma grande enfase na parte mitológica da cultura celta, na partes dos seres pequenos, no mundo de Tuatha De Danann, personagens que nessa área da história só tinham aparecido de uma forma boa, como ''mocinhos'' ou grandes ajudas, agora temos a presença de um Príncipe sem carácter e escrúpulos. Um grande vilão! 

Romance! Ação! Aventura! Suspense! Fantasia! E muito drama como já era de se esperar quando vamos passar alguns dias ou anos em Sevenwaters!

Sean e Aisling tem seis filhas! Seis meninas! Aisling apesar da idade avançada está gravida e acredita que será o filho homem, o Herdeiro de Sevenwaters, contra tudo e todos o menino nasce, porém por uma obra do destino ou Deus sabe de quem, o menino é levado...

Sean acredita ser um ataque político, mas Clodagh sabe que seu irmão, o herdeiro foi levado por seres do Outro Mundo.

Clodagh é a única que vê que no lugar onde deveria estar seu irmão, está outro ser, que não é desse mundo, muito parecido com um neném, com a forma de uma criança recém nascida só que é feito de pedras e folhas.

E é justamente o que os outros enxergam, pedras e folhas, somente Clodagh consegue olhar e escutar essa criança da floresta... 

ela e um guerreiro de Johnny... Cathal

Que foi justamente a distração perfeita para a hora da troca, que foi justamente o grande motivo para coisas estranhas estarem acontecendo em Sevenwaters!

Cathal esse guerreiro que será a proteção perfeita para Clodagh conseguir cumprir sua missão de ir além da floresta, no Outro Mundo buscar Finbar e devolver a criança dos pequenos.        

''Em todas as história a autora brinca com suas personagens mulheres e com seus papéis,  são sempre as que mais sofrem, são também as heroínas, ou as maiores vilãs, ou ambas ao mesmo tempo, naquela época, tudo eram os homens, eram eles o maiores guerreiros, os líderes das família, aqueles que protegiam todos a sua volta, e Juliet sempre inverte os papéis, ela é mulher? É uma criança? Novinha? Fraquinha? Coitada?! Bem... é ESSA a personagem que vai ter o papel mais importante, é essa que vai mostrar a força de mil soldados, é essa que vai derrotar ou perecer diante do mal!''

Clodagh não foge a regra, mais uma mulher muito forte de Juliet Marillier!

No inicio da história conhecemos uma Clodagh boa filha, boa irmã, boa dona de casa, a futura esposa perfeita, frágil, o tipo de mulher que não foi criada para ser uma guerreira, Clodagh surpreendi, afinal não necessariamente é preciso saber lutar e matar para virar uma heroína! 
Ela é a grande protagonista e rouba a cena, e sinceramente me encantei com seu ''mocinho'', Cathal foi um par a altura dessa personagem, geralmente quando se trata de um romance é difícil ver um par se ''acertar'' rápido e lutar, trabalhar junto rumo a uma missão maior, e quando esse tipo de coisa acontece e a história é boa, o desenvolvimento é bom, isso torna a história ainda melhor e muito mais rica, esse foi o caso de Herdeiro de Sevenwaters. Nada daquela enrolação romântica, e sim, muitos acontecimentos, muitas ações que levam o leitor a vibrar e acompanhar a história assiduamente.

Herdeiro de Sevenwaters foi uma grande obra para mim, terminei encantada, foi também uma maratona de quase 500 páginas que devorei com muito prazer, amei os personagens, me envolvi muito com o enredo, adorei o desenvolvimento dentro desse Outro Mundo, foi ainda mais gostoso, mais invocador, me apaixonei perdidamente por Cathal, sofri perdas terríveis de personagens, sofri mesmo, a escrita da autora é linda, profissional e simplesmente viciante! 
Sevenwaters é uma das melhores séries de mitologia fantástica que acompanho e é sempre uma ótima dica de leitura para quem gosta de livros e história de qualidade!
Envolvente! Viciante! Apaixonante! Recomendadíssimo!!!  

Paula Juliana